Seguidores

quarta-feira, 30 de março de 2011

Mousse de chocolate e café

Adoro esta mousse! O meu pai já a fazia quando eu era pequena e adorava!

Quando cresci e começei a meter a "mão na massa", tratei de a recriar, já que o meu pai sempre a fez a olho! Deve ser dele que vem também a minha mania de fazer a grande parte das receitas no olhómetro. Gosto muito, fica mesmo a saber a café e de consistência durinha, não fica liquida!

E a mousse, por pouco ficava sem fotografia, esta é da tacinha da minha filha, que as nossas já tinham ido!!!


Ingredientes:



  • 200 gr de chocolate de culinária


  • 120 gr de manteiga (usei vaqueiro liquida)


  • 120 gr de açúcar


  • 5 ovos


  • 1 cálice de licor de café (opcional)


  • 1 colher de sopa bem cheia de Nescafé (o próprio pó, não o café já feito)

Preparação:


Parta o chocolate em bocados, junte a manteiga e leve ao lume em banho- maria até derreter. Vá mexendo com uma vara de arame. Entretanto, separe as gemas das claras e bata estas últimas em castelo. Junte o açúcar ás gemas e bata bem. Quando o chocolate estiver derretido, acrescente a colher de sopa do pó de Nescafé, mexa bem para desfazer e em seguida junte o licor de café. Em seguida junte esta mistura do chocolate, ás gemas , mexa bem e incorpore as claras em castelo sem bater, envolvendo com uma colher. Distribua por tacinhas ou deite tudo numa taça grande e leve ao frigorifico por algumas horas.


NOTA: De referir que esta mousse, sem a adicção do Nescafé (ou outro café solúvel) e o licor, fica uma receita de chocolate normal, por isso quem não apreciar a mistura pode fazer sem estes dois ingredientes que fica optima na mesma!

terça-feira, 29 de março de 2011

Arepas (cozinha venezuelana)

Esta é uma receita típica da terra do meu marido; Arepas. É uma farinha de milho pré-cozido, que misturada com água e uma pitada de sal, se formam umas bolas de massa que depois são achatadas e fritas em óleo ou azeite. Depois são abertas como mostra a fotografia e recheadas como mais gostarem. Nós geralmente é com queijo e fiambre ou um dos dois e também com carne guisada, ou frango, que tenha sobrado, qualquer coisa é boa para rechear até um doce! Eu confesso que não é das coisas que mais aprecio, mas de vez em quando como! Ao principio é que não, não podia com elas mesmo, mas depois a coisa entranhou-se e qualquer dia pelos vistos não se come mais nada cá por casa ehehehehe. A farinha aqui há uns anos era bastante dificil de encontrar, a minha sogra comprava directamente a um fornecedor e portanto tinha de comprar mesmo bastantes pacotes de farinha, pois o homem não vendia só meia dúzia, mas hoje em dia já se encontra fácilmente no Modelo e no Continente. A receita vem na embalagem.

Frango frito

Ingredientes:

  • 1 frango partido em pequenos pedaços, ou perninhas de frango

  • sumo de 1 limão

  • pimenta branca

  • 1 folha de louro

  • Alho (usei em pó)

  • sal q.b

  • farinha q.b

Preparação:


Tempere o frango com todos os ingredientes e deixe marinar durante no minimo 1 hora.Passe o frango por farinha e frite em azeite não muito quente para que não queime logo por fora e cozinhe bem a carne por dentro. Deixe escorrer sobre papel absorvente.



(não sei o que se passa, quando adiciono os ingredientes, ficam todos juntinhos e quando publico a mensagem apareçem os ingredientes todos espaçados! Antes não me acontecia! :( )

segunda-feira, 28 de março de 2011

Chambão na panela de barro

Adoro chambão! Mas, ao principio, quando o cozinhava, ficava uma coisa que não tem explicação, a gelatina em vez de ficar molinha e tornar a carne tenra, ficava dura, e encolhia. Durante uns tempos desisti de a comprar! Até que uma vez em conversa já não sei com quem, percebi que, apesar de a deixar cozinhar tempo suficiente para não ficar crua, não a deixava cozinhar o tempo suficiente para não ficar rija! Então voltei a comprar e dexei ficar uma hora, em lume médio, mexendo de vez em quando e se necessário acrescentava água a ferver para não encruar e ficar dura! Mas desta vez resolvi experimentar de outra maneira, na panela de barro que eu tanto gosto, mas que poucas vezes uso não sei porquê, visto que ela se lava tão bem e deixa a carne tão tenra... deve ser por a guardar no armário da sala e só me lembrar quando mexo nele! Estava com medo que não ficasse nada de jeito e ter novamente carne dura para o jantar! Mas não, estava perfeita, como ao principio é assada com a tampa dentro do forno, os sabores dos temperos "entranham-se" bem e fica deliciosa! Então vamos á receita:

Ingredientes:



  • 500 gr de chambão


  • 1 cebola cortadas em meias luas


  • 4 dentes de alho picadinhos


  • 1 folha de louro


  • colorau q.b.


  • 1 colher de sopa bem cheia de polpa de tomate


  • um fio de vinho branco


  • pimenta moída na hora (de preferência)


  • salsa e coentros frescos e picadinhos


  • sal


  • 1 knorr de carne

Preparação: Junte todos os ingredientes na panela, e, mesmo com as mãos, misture tudo. Coloque a tampa na panela e leve ao forno pré- aquecido a 220ºc. Deixe assar por 1hora, em que vai mexendo de vez em quando. No fim de uma hora, retire a tampa e deixe assar por mais 40 ou 50mn para tostar um poucos a carne. Vá mexendo várias vezes para tentar tostar todos os lados da carne. Vai bem com qualquer acompanhamento, mas no nosso caso foi com puré!

domingo, 27 de março de 2011

Bolo de chocolate no microondas II

Este bolo de chocolate é feito cá em casa algumas vezes! É super rápido de fazer e ainda mais de cozer! 14 minutos no microondas e já está! Quanto á sua preparação, é só colocar todos os ingredientes na liquidificadora, ou na batedeira ou mesmo batendo á mão! Hoje em dia, com as formas de silicone, nem precisa de se dar ao trabalho de as untar e ainda tem a vatagem de as poder levar ao microondas, coisa que já não acontece com as formas de aluminio. Mas, para quem não tem, também é simples, eu antes de as comprar, fazia numa caixa de plástico que podesse ir ao dito cujo, mas tendo o cuidado de untar e enfarinhar primeiro!

Aconselho a colocarem primeiro a forma por cima de um prato e só depois deitarem a massa (no caso de uma forma de silicone), pois esta como é tão mole, tona-se depois dificil de levar até ao microondas sem entornar alguma coisa pelo caminho...


Ingredientes:



  • 2 chávenas de chá de farinha


  • 4 ovos


  • 2 chávenas de chá de açúcar


  • 2 chávenas e meia de chá de leite


  • 100 gr de manteiga amolecida


  • 1 chávena e meia de chá de chocolate em pó


  • 1/2 colher de chá de fermento (não usei porque a farinha já tinha e estava com medo que viesse tudo para fora....)

Preparação:


Juntar tudo e bater o melhor possivel de preferência com o menor esforço dispendido! Deitar numa forma como explicado acima, e levar ao microondas em potência máxima cerca de 14 ou 15 minutos. Desenforme depois de arrefecer!

Batido de frutos silvestres

Ingredientes:



  • 250gr de frutos vermelhos congelados


  • meio litro de leite


  • 2 bananas (de preferêncas aquelas sarapintadas que andam ao tombos lá na fruteira)


  • 3 ou 4 biscoitos/bolacha Maria/palitos La Reine (daqueles que andam dentro do frasco partidos e que ninguém os come porque estão partidos...)


  • açúcar a gosto

Preparação: Verificar se a liquidificadora está bem atarrachada por baixo, em caso afirmativo deite tudo lá para dentro e desfaça tudo durante uns minutos! Depois é só deliciar-se e relaxar... isto no caso de não ter nada para ir limpar!

terça-feira, 22 de março de 2011

Produtos fantásticos para qualquer cozinheira!

Quero-vos mostrar estes novos produtos que achei fantásticos e que nos poupam imenso trabalho e dinheiro, pois são reutilizáveis!
O primeiro é esta base protectora, que se pode usar nas formas sem necessidade de untar, logo também é mais saudável, e torna a limpeza dos utencilios muito mais fácil!
Pode ser usada tanto no tabuleiro do forno como directamente na grelha, ou no microondas e também para forrar as formas dos bolos, em substituição da folha de papel vegetal.
Lava-se normalmente e pode-se inclusivamente, cortar á medida do que mais lhe convier!




O outro produto que adorei, foi estes envelopes do mesmo material, que podem ir á torradeira ou á tostadeira e evitam assim as migalhas no fundo da torradeira ou o tão detestado queijo derretido agarrado na tostadeira! Se eu tivesse sabido disto mais cedo, tão mais bonita que estava a minha tostadeira!
Deixo-vos aqui um video com as vantagens destes envelopes e que já foram comprovadas por mim! Fantástico!
http://www.youtube.com/watch?v=WLxLkhOw0dw
Qualquer um destes produtos encontram-se facilmente no Continente e penso que nas outras grandes superficies também os encontram! São produtos baratinhos e que dão um jeitão ter por perto!









Lombo de porco com cebolinhas

Ingredientes:
  • 1 lombo de porco
  • colorau
  • polpa de tomate
  • louro
  • sal e pimenta
  • alho
  • banha
  • 1 fio de azeite
  • um raminho de salsa e coentros
  • cebolinhas pequeninas a gosto
  • vinho branco

Preparação:
Pique os alhos finamente e junte com todos os ingredientes por cima do lombo de porco, esfregando bem com as mãos. Convém deixar marinar no minimo 1h. Coloque num tabuleiro de ir ao forno com toda a marinada.
Junte um pouquinho de água, e leve a 200ºc por cerca de 1h. Regue-o durante esse tempo com o molho que vai largando e vire-o a meio do tempo.

Nota: Pode dar uns golpes no lomb para que asse mais uniformemente e os ingredientes entranhem melhor no interior.

terça-feira, 15 de março de 2011

Torta de bacalhau

Vi esta receita e como por acaso até tinha duas postas de bacalhau no frigorifico, resolvi experimentar.
Aqui por casa, há sempre bacalhau e ás vezes (e a pesar de ter um livro com 1000 receitas de bacalhau) acabo sempre por fazer as mesmas receitas.
Experimentei e adorei, aliás adorámos!
A receita não vou publica-la aqui pois fiz exactamente como está indicado no blog da Festa de Babette. Apenas acrescentei uma pitada de noz moscada. O sabor é muito identico aos pasteis de bacalhau, mas com a forma de torta, fica uma refeição muito mais "requintada" e que se come muito bem fria!

segunda-feira, 14 de março de 2011

Camarão no forno

O meu marido adora estes camarões assados no forno. Já eu, apesar de gostar contento-me com 1 ou 2!

Ingredientes:
  • Camarão tigre abertos ao meio
  • dentes de alho esmagados (eu gosto de acrescentar também alho em pó)
  • azeite
  • sal
  • 1 knorr galinha
  • 1 folha de louro grande
  • Pimenta
  • Malaguetas (opcional e a gosto)
  • 1 fio de vinho branco
Preparação:
Abra os camarões ao meio e disponha-os num tabuleiro de ir ao forno. Esmague os dentes de alho com o sal, a pimenta, o knorr (cuidado com o sal, pois o knorr já tem bastante sal) e as malaguetas caso queira.
Depois, esfregue bem nos camarões com esta mistura, e de preferência deixe repousar uns 5mn antes de regar bem com o azeite, para que se tomem do gosto dos temperos. Disponha por cima a folha de louro partida em bocados e leve ao forno a 180ºc por cerca de 10mn ou até ver que estão assados. Regue várias vezes enquanto estiverem a assar.
Quando servir, pode regar com umas gotinhas de sumo de limão.

Biscoitos...

...de lavanda com limão; de cardamomo; e de sementes de papoila com laranja!
Usei a mesma receita como base, apenas acrescentei os "sabores", conforme o que pretendia fazer.

Ingredientes:
  • 280gr de farinha
  • 100 gr de açúcar
  • 160 gr de margarina
  • 1 ovo inteiro
  • 1 colher de café de sal (mal cheia)
Para cada uma das variedades (não dividi a massa, fiz 3 vezes a massa para cada um dos sabores)
  • 2 colheres de chá bem cheias de lavanda e raspa de 1 limão
  • 1 colher de chá de cardamomo
  • 1 colher de sopa de sementes de papoila e raspa de 1 laranja
Preparação: Juntar todos os ingredientes e bater com a batedeira com as varas para massa ou mesmo á mão.
Acrescente o sabor que pretande dar aos biscoites e continue a amassar até obter uma massa homogénea.
Caso vá utilizar o dispára biscoitos, está pronta para tal, caso use os cortadores, então aconselho a que acrescente um pouco mais de farinha para que a massa se torne mais consistente.
Coloque os biscoitos num taboleiros forrado com papel vegetal e levamente untado com manteiga ou então, use o tapete de silicone que dispensa ser untado com margarina.
Vai ao forno a 180ºc por cerca de 10 mn, mas convém ir vigiando.
(fotografias por ordem de referência)

quinta-feira, 10 de março de 2011

Pão de ló

Este pão de Ló, é dos que ficam húmidos por dentro. O meu não ficou... Como vêm ficou assim bem morenaço! Foi feito no meu forno antigo, que queimava tudo! Mas enfim, para quem quiser experimentar, aqui fica a receita.

Ingredientes:
  • 10 ovos
  • 250 gr de açúcar
  • 150 gr de farinha

Preparação:
Bata os ovos inteiros com o açúcar durante 15mn. Acrescente a farinha peneirada pouco a pouco e bata por mais 15mn.
Deite numa forma de chaminé, forrada com papel (eu usei mesmo o papel branco aquele que usamos para a impressora), leve ao forno pré aquecida a 180ºc por 30 mn.
Apesar de não ter ficado húmido por dentro ficou bom e fofinho!

quarta-feira, 9 de março de 2011

Caracoletas grelhadas

Ingredientes:
  • Caracoletas
  • Sal

Preparação:
Lave muito bem as caracoletas. Costumo usar uma escovinha que tenho apenas para este efeito.
Ligue o lume e coloque a chapa sem qualquer gordura até aquecer bem.
Encha a cavidade das caracoletas com um pouco de sal, e enquanto enche as outras disponha-as num prato com a cavidade voltada para baixo, para não começarem a expulsar o sal.Coloque-as então na chapa com a cavidade voltada para baixo até que o sal crie uma especie de crosta e então vireas com a cavidade para cima por breves minutos para que cozinhem por dentro. Retire para um prato.


Para o molho:

  • Manteiga ou margarina
  • 1 folha de louro
  • 3 dentes de alho esmagados e com casca
  • 1 colher de café de mostarda
  • umas gotas de limão

Preparação:

Leve a gordura ao lume numa frigideira, com o louro, o alho e deixe que derreta e frite por 1 ou 2 mn no máximo para não queimar. Junte a mostarda e mexa bem para a desfazer. Acrescente as gotas de limão e sirva de seguida. Coloque numa tacinha na qual serão depois passadas as caracoletas quando retiradas da casca.

Caracois

Há muita gente que detesta, mas também há muita gente que adora... é o meu caso! Aqui deixo a receita para os apreciadores.
Ingredientes:
  • 1kg de caracois
  • 1/2 kg de caracoleta média
  • 3 caldos Knorr de galinha
  • +- 12 dentes de alho com casca e esmagados
  • 2 folhas de louro
  • 1 cebola média descascada com um corte em cruz mas sem a dividir
  • 1 mão cheia de bacon em pedacinhos
  • sal a gosto
  • 3 ou 4 raminhos de oregãos (deite as folhas dos oregãos com os raminhos)

Preparação:
Lave muito bem os caracois em várias águas esfregando uns nos outros.
Deite-os para uma panela e encha com água apenas a cobri-los. Tape e deixe repousar até ver que começam a sair para fora das cascas. Ligue o lume no minimo e continue com a panela tapada. Quando vir que está quase a ferver, mexa-os, mas só nesta altura, se os mexer antes eles recolhem novamente. Deite os ingredientes todos de uma vez mexa bem e deixe ferver por cerca de 5 a 8mn. Desligue o lume, retire os oregãos para não amargarem os caracois (por isso é mais fácil deitá-los com os raminhos) e deixe repousar no minimo 15 mn para ganharem sabor.


Nota: Quando é para lancharadas até os costumo fazer logo após o almoço para se tomarem bem de gosto.

Bica de farinheira (pão)

Na terra da minha mãe há um pão que eu adoro! É á base de azeite, e é achatado, mas há a "versão" com farinheira (a minha preferida) e a doce.
Como á bastante tempo que não tenho o prazer de comer aquele pão e que ainda por cima devido á pouca procura começou a ser feito apenas por encomenda, decidi deitar mão na massa e depois de muita pesquisa e algumas alterações, pois não encontrei a receita própriamente dita, o resultado final foi este e com um sabor muito idêntico á verdadeira Bica!
Ingredientes
  • 15 gr de fermento de padeiro
  • 1/2 chávena de chá de água morna
  • 2 colheres de sopa de leite em pó
  • 2 colheres de sopa rasas de açúcar
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de margarina
  • 1 gema
  • 1/4 de chávena de chá de azeite
  • 4 chávenas de chá de farinha
  • 1 farinheira para cozer


Preparação:
Coza a farinheira e retire-lhe a pêle.
Dissolva o fermento na água morna. Acrescente o açúcar, o sal e o leite em pó, mexendo bem com uma vara de armes para dissolver bem o leite.
De seguida junte a margarina, o azeite e a gema e mexa bem. Agora ou passe a mistura para a MFP e junte a farinha escolhendo o programa de massa, junte a farinheira. Se não tiver MFP junte a farinha e a farinheira e mexa com as mãos até formar uma bola que se despegue da bancada. Deixe levedar.
Depois, transfira a massa para uma forma achate a massa deixe levedar novamente em local resguardado e leve ao forno com a forma levemente untada, pois a massa já tem bastante gordura. Deixe por cerca de 30mn +-, a 180ºc.


Nota: Se quiser intensificar o sabor a farinheira, da água morna necessária para desfazer o fermento, pode usar a da água da cozedura da mesma. Eu nesta não usei, mas como é para repetir, irei experimentar como fica!

Lasanha de bacalhau com espinafres

Ingredientes para 4 pessoas:
  • 3 postas de bacalhau
  • 1 embalagem de espinafres congelados
  • Massa para lasanha
  • Molho béchamel
  • Molho de tomate ( caseiro, indicado na receita de pizza,ou de compra)
  • cebola
  • alho
  • louro
  • sal
  • pimenta
  • noz moscada
  • azeite
  • queijo ralado da sua preferência

Preparação:
Coza os espinafres conforme o indicado na embalagem. Escorra a água e reserve.
Cozer as postas de bacalhau, lascar e refogar na cebola picada com os alhos o louro e o azeite. Acrescente os espinafres, retifique de sal e tempere com pimenta e um pouco de noz moscada.
Prepare o molho de tomate e reserve.
Coloque um pouco de bechamel no fundo de uma travessa que possa ir ao forno. Coloque por cima as placas de massa em seguida o bacalhau com os espinafres, novamente o molho bechamel, as placas de lasanha, e em vez de acrescentar novamente o bechamel, substitua esta camada por uma de molho de tomate. Continue, com o bacalhau, novamente as placas de massa e finalmente o molho bechamel.
Polvilhe com queijo ralado da sua preferencia e leve ao forno até a massa estar cozida. Para verificar espete um garfo e se não sentir resistência da massa, está pronta a servir.


Nota: Pode substituir os espinafres por brócolos, procedendo da mesma maneira.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Bifes de perú com bacon e cogumelos

Esta receita chegou até mim pela Jú! Fiquei logo de olho nela e experimentei logo no dia seguinte!
É muito simples, mas muito saborosa.

Ingredientes:
  • 4 bifes de perú
  • 25 cl de cerveja
  • 1 embalagem de bacon em cubos (ou corte-o em cubinhos)
  • 1 lata de cogumelos
  • Sal
  • Pimenta
  • Azeite
  • Alho


Preparação:
Tempere os bifes com o sal, a pimenta e o alho (usei em pó).
Deite o azeite na frigideira, deixe aquecer e junte o bacon. Quando estiver frito, retire-o para um prato e frite os bifes na mesma gordura. Quando começarem a mudar de côr, junte a cerveja e deixe fritar. Quando estiverem prontos, retire os bifes e, na mesma gordura, deite os cogumelos e deixe fritar por breves minutos. Junte depois novamente o bacon só para dar um "aquecida" e deite depois por cima dos bifes.
Sirva com batatas fritas e/ou arroz branco

Brisa do Lis

Vi esta receita no blog Pao, bolos e Cia., e decidi que a faria para dar destino ao miolo de amêndoa qua para ali andava meio perdido. Aproveitei um almoço de familia para a experimentar, já certa de que seria boa, e não me enganei!
Pode-se fazer em forminhas individuais, ou, como eu fiz, numa forma de silicone em tamanho XL.

Ingredientes:
  • 400 gr de açúcar
  • 2 colheres de sopa de manteiga derretida
  • 8 ovos
  • 200 gr de amêndoa pelada e picada (não muito fina)


Preparação:
Bater os ovos com o açúcar, juntar a manteiga e por fim a amêndoa.Untar uma forma com manteiga e polvilhar com açúcar. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºc, em banho-maria por cerca de 30mn, ou até o palito sair seco.

Arroz com cogumelos silvestres

Aqui em casa, adoramos cogumelos, e este arroz é frequente na nossa mesa! Eu compro-os congelados.

Ingredientes:
  • 1 embalagem de cogumelos silvestres congelados (ou mistura de cogumelos depende, cada marca dá o seu nome)
  • 1 chávena e meia de chá de arroz carolino
  • 3 chávenas de chá de água quente
  • 1 knorr de galinha
  • 1 colher de sopa bem cheia de polpa de tomate
  • 1 fio de vinho branco
  • 1 cebola pequena/média
  • louroLista com marcas
  • alho
  • azeite
  • sal


Preparação:
Faça o refogado com a cebola, o alho e a folha de louro. Quando estiver bem lourinha, acrescente os cogumelos, envolva e junte a polpa de tomate, o vinho branco e o knorr. Acrescente o arroz, envolva e deixe "fritar" um pouquinho. Acrescente a água já quente e mais um pouquinho de sal (atenção que já leva knorr), mexa bem, reduza o lume até quase ao minimo e deixe cozer por cerca de 12mn.

Nota:
É muito bom para acompanhar um coelho guisado, ou á caçador... assim este tipo de comida "de tacho".

Queques de leite creme e sementes de papoila

Ingredientes:
  • 1 saquinho de leite creme Royal
  • 3 ovos
  • 2 saquinhos (os do leite creme) de açúcar
  • 3 saquinhos de farinha
  • 1 saquinho de óleo
  • 1 saquinho de leite
  • 1 colher de sopa de sementes de papoila
  • 1 colher de chá de fermento

Preparação:
Bata bem os ovos com o açúcar. Junte a farinha peneirada com o fermento e bata mais um pouco. Junte o pudim, as sementes de papoila o óleo e o leite e continue a bater até estar tudo bem misturado. Distribua por forminhas polvilhe com açúcar e leve ao forno em lume médio até estarem cozidos.

Nota:
Eu usei estas forminhas de aluminio, mas era para ter sido em forminhas de papel frisado, mas as que tinha eram muito pequeninas, para brigadeiro. Por isso o tempo de cozedura também varia conforme o tamanho da forma que usarem.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Pizza caseira

Aqui em casa já te tornou costume fazer-mos as nossas pizzas, principalmente desde que a MFP veio dar uma preciosa ajuda com a massa! Cada um recheia a sua com o que gosta mas básicamente fazemos sempre com os mesmos ingredientes.
Ingredientes:
Para a massa
  • 360gr de farinha
  • 200ml de água morna
  • sal a gosto
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 25gr de fermento de padeiro

Para rechear:

  • molho de tomate
  • queijo mozzarella
  • milho
  • cogumelhos
  • azeitonas
  • bacon
  • delicias do mar
  • ovos crus

Preparação:

Para o molho de tomate, costumo refogar uma cebola pequena com dois dentes de alho e uma folha de louro em azeite. Acrescento a polpa de tomate, meia colher de chá de sal e outra meia de açúcar para cortar a acidez do tomate. Deixo ficar por cerca de 5mn em lume branco (cuidado pois começa a espirrar) e por fim acrescento oregãos, retiro o louro e passo com a varinha mágica para desfazer a cebola e o alho.Juntar os ingredientes da massa na MFP (também pode misturar tudo á mão e deixar levedar em local abrigado de correntes de ar). Escolha o programa de Massa e deixe que faça o programa completo. Se durante o processo em que estiver a amassar vir que a massa pega nas paredes da cuba, acrescente mais um pouquinho de farinha até lhe poder tocar e ela não colar nas mãos (acontece, dependendo da marca de farinha, ter de se fazer ajustes na quantidade). Quando estiver pronta, retire-a e numa bancado polvilhada, estique a massa com a ajuda de um rolo (se tiver habilidade também a pode fazer rodar no ar eheheheh) estique a massa. Esta parte é um pouco menos fácil, pois a massa da pizza torna-se elástica e cada vez que retiramos o rolo ela volta á forma inicial, mas continue a esticar que ela acaba por ceder.Depois é só cobrir com o molho de tomate, e rechear a gosto com os ingredientes que referi ou outros do seu agrado. Aqui em casa costumamos juntar um ovo crú mesmo por cima de todos os ingredientes e levar assim ao forno, como podem ver nas fotografias. Vai ao forno depois de polvilhada com o queijo até este e a massa começarem a ficar dourados.

terça-feira, 1 de março de 2011

Queijo camembert gratinado






Como amante dos queijos camembert/ brie/ caprice de dieux, não poderia deixar de experimentar esta entrada! Confesso, que primeiro estranhei, mas depois... depois entranhou-se e foi um queijo para dois (sim porque a pequena não vai à baila com coisas que contenham "relva").




Ingredientes

1 queijo camembert em caixa de madeira
2 dentes de alho bem picados
coentros e/ou salsa a gosto
pimenta q.b
azeite q.b
1 fio de vinho branco


Preparação

Retire o queijo da caixa e do papel que o envolve. Pegue no papel e separe a parte de papel da parte plástica. Deite fora o plástico e volte a pôr o queijo dentro da caixa com o papel (como na imagem de cima). Pique toda a parte de cima do queijo com um garfo. 
Num almofariz, pise os alhos, com as ervas e a pimenta. Quando já estiver tudo bem moído, junte o azeite e misture. Deite por cima do queijo e espalhe bem. Regue agora com o fiozinho de vinho branco e leve ao forno pré- aquecido a 180ºc, até que o papel começe a ficar queimado. Pode servir de imediato, ou esperar que solidifique um pouco.
Sirva com tostas, pão, enfim o que mais gostar.

Aqui em casa foi mesmo com pãozinho quentinho acabadinho de fazer! Muito bom! Quem gosta de pão de alho acho que é uma boa sugestão, e para quem não gosta destes queijos, garanto que aquele sabor característico nem se nota!

Ervilhas guisadas com chouriço e ovos esclafados

Ingredientes:
  • cebola
  • dentes de alho
  • chouriço (e um pouco de bacon se gostar)
  • ervilhas
  • ovos
  • louro
  • azeite
  • 1 knorr de carne
  • sal (se necessário)
  • Polpa de tomate
  • vinho branco
  • Preparação:
    Fazer um refogado com a cebola bem picadinha, os alhos, o louro e o azeite. Juntar depois o chouriço e deixar refogar um pouco. Acrescente um pouco de polpa de tomate, um fio de vinho branco e junte as ervilhas, misture bem. Junte a água necessária para estufar, de preferência já quente. Junte o knorr, e, se quiser um pouco de pimenta. Quando as ervilhas estiverem quase cozidas, prove o molho e retifique temperos, acrescentando sal se necessário, pois já levou o knorr e o chouriço também liberta algum sal. Deite os ovos com cuidado por cima das ervilhas, tape, e deixe ficar até ver que já está escalfado.

    Imprimir